Linda, linda, cinderela, querubim
Desce da tua casa e mostra tua laia
Feiticeira, trapaceira, contamina
Tece tua teia e pula a caneta
Do morro dá pra ver a encruzilhada
Um homem vivo passa, um outro para e treme

Do alto lá do morro, eu estou perto do céu
Do alto lá do morro, eu estou perto do céu

Mas é preciso pisar no chão
Que tanto ventre acolheu, e tanto sangue correu
Bela, leve, criatura, tão assim
Cercada de mistérios, com medo do cemitério
Bela, leve, criatura, querubim
Bateu em minha porta, deixou tua flor em mim
...
E acendeu meu fogo
Eu vou descer do morro
E acendeu meu fogo
Eu vou descer do morro
E acendeu meu fogo
Eu vou descer do morro

Fogo...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir