No fim, a vida mede o seu valor
Não pense no que já passou
Não teste a fragilidade,
Pois a chuva leva as meias verdades

Eleja a boa intenção,
Pois no problema se extrai sempre a lição
Entenda o traçado da saída
Sob o triunfo da tristeza não me atenho

Que pena
Os sinais parecem não estar por perto
Mais um impacto que tenho como algo incerto
No acaso,
Me surpreendi,
Pois, desatento, esqueço o valor de existir

Que bom é sempre a gente ter
Um novo rumo em nossa vida
Saber compreender e distinguir cada saída
Então, o fato de dizer, pra ser notado ou impelido,
Justifica a intenção, mas não entendo a razão e o objetivo

Agora vejo a razão:
No improvável, não me entrego a solidão,
Pois caminhar
No desafio
Me motiva a entender o meu destino

Em resposta,
Promova sempre a gratidão,
Pois cada um merece o empenho de uma canção
Supere o limiar do desafio
Se permitir, nutre o caminho e o faz estar

Presente,
No caminho certo, atento ao passo lento,
Sem pressa e nem hora pra voltar
Não tão por perto, nem sempre pra longe
Na nascente o fino fio nos faz sonhar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir