Foto do artista Falante

Palavra de Poeta Morto

Falante


Preciso que algo aconteça aqui. Desesperadamente! Tenho pressa! Nem tente me distrair!
Tempo de colocar certas vontades para fora. Dar chance ao acaso. Rumo ao inesperado!
É preciso repetição, mas que tal algo novo agora? Livre de qualquer padrão, regra, educação e rima. Quero surpresa, erro, ar e vida! Mais vícios e menos virtudes. Quero me machucar (assim quem sabe algo mude)!
Além de todo modelo a seguir e expectativas de ser alguém feliz, que chegou lá, existe alternativa? Pois os velhos sonhos e causas não serão nada mais que isso se depender de minha iniciativa. Não tenho o que é preciso! Além da vida o que perder? Prefiro ser o provocador que após as dez horas da noite grita sem respeito ou pudor. Ser o franco-atirador de toda vontade mais reprimida!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir