Foto do artista Falante

A Arte do Desencontro

Falante


Por onde foi que você andou?
Há quanto tempo não te vejo?
Tanto em ti mudou.
É engraçado, mas ainda lembro.
Deve ser uma longa história.
Nós sabíamos: tudo tem um preço.
É até engraçado ver que já não somos mais os mesmos.
Será que podemos nos conhecer de novo e rir da comparação?
Eu prometo que não vou te irritar com saudades dos "velhos tempos"
Tendo orgulho de uma época que chamo de "minha"
Pois nem sei ao certo o que hoje esperar da vida.
E acredito que faço o melhor pra mim
ignorando uma voz que me chama e eu nem sei pra quê.
E amanhã tenho serviço,
Mas quero ficar aqui, mais um pouco assim,
Com você.
Rir da nossa ignorância,
Sem menosprezar nossas impressões e lembranças.
Rir da nossa diferença e depois ir embora pra o que nos espera,
De peito aberto, a forma mais sincera,
Perdoar, a história se encerra,
Tudo enterrar sem choro nem vela.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir