Meu vulgo é Renan, meu nome é Inquérito
E eu vou ligando os morro, pique um teleférico
Batidão estérico, sente o stereo, não é mono
É bem pesadão tipo Rei Momo
É, tem que lutar, suar o quimono
E se ga-ga-ga-gaguejar direto pra fono
A única esperança que nóiz podia ter
Votar no PT ou pegar na PT
Até que o canto falado, africano
Ganhou o toca disco, microfone e ficou urbano
E deu voz pra mais de um milhão de mano
Entramo, fomo salvos e aqui estamos
São quatro elementos!
Não é formação de quadrilha
(Hã) É o Hip-Hop doutor, minha família
Aí, moleque esquecido na quebrada
Eu sou mais você que a Ana Maria Braga

Muita fé, muita luz na caminhada
Cada um por si não vai dar em nada
Menos ódio, mais amor nessa estrada
(A minha alma ta armada)

Uns vem de carro, outros vem de bike, nós vem de pó
Pó...esia e só
Nos livro, nos disco, nos pino, no papel
Transformei um grupo de Rap num cartel
Era tudo que eu tinha e essa foi minha cota
Fazer folha de caderno valer mais do que folha de coca
É tanta letra horrível que os cara tem feito
Nem caderno de caligrafia dá jeito
Não sou nazista não, só que aqui é ação
Faça o palco virar campo de concentração
E tenho mó ciúme disso, não abro mão
Possessivo! Tipo Sarney com Maranhão
Agressivo! Mais que policial de plantão
Só um aviso: se Elvis não morreu, nóiz também não
O Funk pode até ser a trilha das quebrada
Só que o Rap é muito mais que trilha, é estrada

Muita fé, muita luz na caminhada
Cada um por si não vai dar em nada
Menos ódio, mais amor nessa estrada
(A minha alma ta armada)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir