Anjo No Meio Da Guerra

Inquérito

exibições 26.633

Me sinto tipo um anjo no meio da guerra
Um raio de luz sozinho nas trevas

É com você mesmo, aí a chapa tá fervendo
E uma pá de parceiro eu vi, ir pra o arrebento
Atrás do sustento, escarrando veneno
a mil derretendo, não to podendo
Até tento, conselho, panfleto e nada
Será que eu que to lutando de arma errada?
Os manos tudo de quadrada, 380
E o vagabundo aqui só com a consciência
É que eu não quero lutar dessa forma sangrenta
Só que a vida me faz soldado de nascença
Nem pensa, aguenta truta, sem dar fuga
Na guerra a fé é a única armadura, sem bula ó
Me sinto tipo um anjo no meio da guerra
Um raio de luz sozinho nas trevas, sabe?
Que nem uma flor no concreto
Uma árvore sufocada entre os prédios
Mas enxugo as lágrimas, esqueço o orgulho lembro do amor
Só que a revolta aqui parece ser que nem um tumor
Vai onde eu vou, tá em cada pedaço
Dentro do coração tipo um marca-passo
Não é fácil, num existe paz artificial
Eu planto o amor só que não colho nem a pau
Acho que porque é igual ao pé de uma fruta
Zé-povinho sempre arranca antes de estar madura
Já era pra eu ter perdido a cabeça se for ver
Qual será que é o caminho
Um pente ou um buquê?
Um tambor, uma flor, um botão ou uma mexa?
Quem vai ganhar essa hein?
As balas ou as pétalas?

Quando a tristeza invade eu não vejo passagem, a mão
De Deus se abre e me dá as chaves pra felicidade
(2x)

Fala com Deus, ora, que é o melhor jeito
Liga pro céu o telefone é o joelho
Nunca é tarde pra se arrepender abre o peito
Quem nasceu pra carregar peso foi camelo
Dinheiro é a lâmpada dos tolos uma hora apaga
Meu Deus é a luz do sol que nunca acaba
Esmaga o opressor aniquila, fulmina, destrói
O inferno bota o inimigo na palmilha, entende
Ninguém morreu na cruz pra fazer pose
É quente, Ele é um só não tem cover
Fácil é andar com Cristo no peito no pingente
Difícil é ter peito pra estar com ele sempre
Bem diferente né, se liga ai
Ele não é Rim Tim Tim
A Bíblia não é gibi
Eu vi uma par de estrela apagada de uma hora pra outra
Por isso que eu prefiro ser que nem lantejoula
A pampa, brilhando poco, bem humildão, tá bom
No fim toda brasa vai virar carvão, né não
Então espero e relaxo
Não tenho pressa
O bom sabe a hora
Ninguém morre na véspera

Quando a tristeza invade eu não vejo passagem, a mão
De Deus se abre e me dá as chaves pra felicidade
Quando a tristeza invade eu não vejo passagem, a mão
De Deus se abre e me dá as chaves pra felicidade

Roubar pode até financiar seu sonho
Só que num dá abraço no pátio nem consolo
Sua mãe contente vale mais que qualquer carro novo
Viver com quem te ama isso sim que é tesouro
Opa espera um pouco truta, aguenta firme
O pote de ouro esta no fim do arco-íris
Insiste, resiste, não desanima fica de boa
O mano da manjedoura não nasceu à toa
Na cruz correu o sangue, no tronco também
A África chorou que nem Jerusalém
Eu to seguindo o exemplo do tiozinho
Que trampa de porteiro e a noite faz supletivo
Não, não desisto eu ainda to na busca
Da união que eu encontrei só no açúcar
Impulga guerreira, parceira da véia
Maninho diz que tá firmão vai vê tá igual geleia
Esperança me escolta, fé meu guarda costa
O Diabo não me afoga, Jesus é minha boia
Vamo que vamo ai aos trancos e barranco
DVC em branco isso é que é ser malandro

Eu sou um anjo
Eu sou um anjo
Até lá

Quando a tristeza invade eu não vejo passagem, a mão
De Deus se abre e me dá as chaves pra felicidade
Quando a tristeza invade eu não vejo passagem, a mão
De Deus se abre e me dá as chaves pra felicidade

Quando a tristeza invade eu não vejo passagem, a mão
De Deus se abre e me dá as chaves pra felicidade
Quando a tristeza invade eu não vejo passagem, a mão
De Deus se abre e me dá as chaves pra felicidade

Quando a tristeza invade eu não vejo passagem, a mão
De Deus se abre e me dá as chaves pra felicidade

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir