exibições 2.317

Gineteando

João Luiz Corrêa


Lacei no meio do campo
Bem do tronco do gargalo
Levei pra estância por diante
Amanunciei ele a pealo !


Encilhei esse ventena
Bem no jeito com capricho
Ele murchava as "oreia"
Se coiceando no rabicho!


REFRÃO


De vez em quando ia pras nuvens
Berrando num escarcéu
Que eu acho até que chamava
O patrão véio lá do céu!


Veiaqueava cerro abaixo
Estralando os mocotó
Parecia um tempo feio
Pras bandas do Itaó!


Muntei e ficou estaqueado
Quieto igual porco roceiro
E eu abotoei a mia guaxa
Nas "viria" desse oveiro!

Deu-le um bufo e baixo o toso
Se virou no satanás
Abri o peito e o caixão da bóia
Por gosto atirei pra trás!


REFRÃO


Levantava polvadeira
Corcoveando campo afora
A guaxa véia pegando
E dê-le bufo e dê-le espora!


Cada berro era um laçaço
Por baixo na chapeleta
E as chilenas abrindo toca
Nas viria e nas paletas!


REFRÃO

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir