Chorei, o silêncio de uma vida
A dor sufocou meu coração
Você, mestre em samba e poesia
Partiu, e a escola está também chorando

Voltar, quem me dera à Avenida
Prá ver, outra vez com emoção
Você, a estrela luzidia
Do morro Verde-rosa desfilando

As rosas que ouviram
As queixas do seu coração
Não falam pois a dor
É bem maior que a solidão
Do cálice uma lágrima rolou
E dela nascerá a rosa amor

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir