O sangue corre
E o tempo ainda mais rápido
A me consumir
Quanto paranóico pode ser existir?

Delírios, vícios, zica...
Pílulas ou goles
E uma sintética paz
A proporção dme faz sentir
O azarado da roleta russa
Mas que gatilho eu apertei
Pra me encontrar assim?

Preciso mesmo mudar de direção!
Uma nova maneira de enxergar
De um ângulo pouco visto por nós

Tentar viver, sem me amargar
Vou me empenhar, com meu melhor
Nada terá, depois daqui
O mesmo sentido
Nã há motivação pra prosseguir
Algumas linhas e já me sinto melhor...
Que venha a ser uma canção
Ja bem "menos pior"
Que os dramáticos da rádio.

Tentar viver, sem me amargar
Vou me empenhar, com meu melhor
Ja posso me calar...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir