Preto e Branco

Novo Cenario

exibições 1.129

Preto, branco seja como for,
A essência da vida humana, mano, é o fôlego.
Pardo, loiro todos têm valor,
Quem desvaloriza o próximo tira de lock o criador.
E quem quer tirar de lock o que criou a raça forte?
Quem predomina errado não importa a cor, sacode,
Passa sufoco e ver que não dá mole o Criador,
Pois a lei da semeadura é multicolor.

Meticuloso o trabalho que Deus fez contigo
E ao invés de elogio, criticas pelo racismo.
E, mentiroso, quem afirma que o elogio
Feito forçadamente ainda não é racismo.
Então, se analise, cada qual com sua cor,
Mundão que tá em crise, sem reconhecer o valor
E por mais que alguém deslize, de certo já errou,
Pois a lei de quem vive é ter respeito.

Barack Obama um negro na casa branca adentrou,
Soube impor seu valor e adquiriu êxito.
Disso que falo, não se render ao obstáculo,
Pois quem critica hoje,
Amanha aplaude seu espetáculo.
Você se valorize enquanto há tempo,
Pois o melhor medicamento
De quem sofre sem alento é depender do Pai supremo.
Passe a crer que tudo é um momento,
Nada acontece sem o consentimento
De quem foi humilhado,
se enquadre nesse exemplo:

Jesus perambulou na terra,
Presenciou fatos que o indignou,
Contudo não pecou, mas deixou claro
Que a missão que veio cumprir,
sobrepujou os combates de Muhammad Ali.
Então pese na balança e veja quem por ti morreu,
Pra te valorizar Ele a isso se submeteu,
Saiba se impor mediante a cor que Ele escolheu,
Pois no final de tudo você vai morar com Deus.

Preto e branco, preto e branco!
Valorize sua origem mesmo que a ponham de canto.
Preto e branco, preto e branco
Não se renda a quem te oprime,
Erga a cabeça enxugue o pranto.

Preto e branco, preto e branco!
Valorize sua origem mesmo que a ponham de canto.
Preto e branco, preto e branco
Não se renda a quem te oprime,
Erga a cabeça enxugue o pranto.

Eu começo pondo abaixo toda forma de racismo,
Se é negro, se é branco, se é pardo,
Se é índio eu não olho isso.
Desde o inicio sei que divisão é de lei,
Desfavorecimento de alguns já presenciei
E não é de agora, observe a trajetória.
Analise fielmente os fatos diga de quem é a glória,
De quem investiu ou de quem executou o trampo?
De quem construiu ou de quem gerenciou de canto?
Seja qual for sua opinião eu sou sincero em te afirmar
Que todos dependem de todos sem um,
Tudo vai parar.

Você tem seu papel, execute com perfeição!
Há quem faça arranha céus e quem cava túneis no chão,
Lugares tão distintos, mas dignos de respeito.
Conquiste seu espaço, conheça seus direitos,
Avance passo a passo, reveja seus conceitos,
Aprenda com os erros alheios, evite tropeços.
Enfatizo o seu valor independente da cor,
Ninguém é melhor que ninguém já dizia o escritor.
Preto e branco combinou efeito nobre,
Causou tinta e papel
Que a nossa história registrou.

Preto e branco, preto e branco!
Valorize sua origem mesmo que a ponham de canto.
Preto e branco, preto e branco
Não se renda a quem te oprime,
Erga a cabeça enxugue o pranto.

Preto e branco, preto e branco!
Valorize sua origem mesmo que a ponham de canto.
Preto e branco, preto e branco
Não se renda a quem te oprime,
Erga a cabeça enxugue o pranto.

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir