Verter as margens do rio
Em braços de saudade
Se avizinha a escuridão
Chuviscando em quantidade
Diva, Déia, Deusa
O meu amor dial
O grau do pensamento em você
É tão infinito
Quanto o meu querer

E já não é o mesmo rio
A lua é só metade
As horas vão passando em vão
E eu sem ter velocidade

Calmo camomila estou
Já deu raiz em meu lugar
Quieto ficarei até brotar
E nada poderá quebrar o encantamento
Árvore serei
E na sombra que aparecer
Você vai reinar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir