Vou cair e morrer em seus braços
Sem pensar nos pecados de nós dois
Até lá vou gritando seu nome
Pra matar essa fome de prazer

O meu sinal não fecha
As luzes piscam sem cessar
Eu prendo o ar no peito
Estou tão perto de chegar

Tanto faz se um cometa passar
Ou se um dia um disco pousar
Nada é tão surpreendente assim
Se olhar você é muito mais pra mim

Só eu sei desvendar esse laço
Enganar o cansaço de depois
Raro amor, onda do absinto
Vou gravar o que eu sinto em você

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir