Vi o clarão da manhã derreter
Cada pedra do meu coração
E então você apareceu
Tinha uma mão oxalufan
Noutra mão um passarinho encantado
Foi assim que tudo aconteceu

Seu acalanto a me guiar pelas ruas estreitas
Desafogando em mim a solidão e a tristeza
Cuida de mim curai a minha dor
Olha por mim regai o meu amor
Espanta o amargo e vem multiplicar o meu viver
Que nós saberemos amar e envelhecer

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir