Foto do artista G.R.E.S. Portela (RJ)

Samba Enredo 1989 - Achado não é Roubado

G.R.E.S. Portela (RJ)


Achei
Juro eu não roubei
Desde o meu tempo de criança
A vovó sempre dizia
Achado não é roubado
Tá na lembrança
De repente o Sr. Cabral
Chegou ao Brasil
Aportou a sua nau
E disse ao mundo que o descobriu
Na verdade a história conta
Um faz de conta
Ao seu modo e ao revés
Aí, e aí
A natureza se impôs tão ricamente
A Amazônia é um tesouro
Que hoje está presente

(Olha lá!)

Olha lá, olhá lá
Olha lá Salomão (Salomão, Salomão!)
O tesouro é meu majestade
Não vá tirar da minha mão

Assim a história segue em frente
Sinceramente eu não consigo entender
Quem é o dono da cartola
Que fez este gigante aparecer
É tão triste olhar
Sem poder, sem poder reconquistar
Índio é o filho da terra
Que no meio desta guerra
Só faz se lamentar

Quem foi, diz quem foi amor
Ninguém sabe, ninguém viu (ninguém viu)
Eu queria é saber, saber
Quem descobriu o meu Brasil

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Carlinhos Madureira / Mauro Silva / Neném · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Erica
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.