Samba Enredo 1996 - Essa Gente Bronzeada Mostra Seu Valor

G.R.E.S. Portela (RJ)


Chegou a hora
Portela alegremente vem cantar (lá laiá lá)
Com um brilho atraente de swing irreverente
Fazendo assim o mundo inteiro "delirar" (ô delirar)
Melodias que se tornaram marcantes
De artistas delirantes
Iluminados pela estrela do criar
Como "Memórias" de Paulinho da Viola
Ismael, mestre Cartola
Eu vou cantando para os males espantar

Canta iaiá pra ioiô, canta ioiô pra iaiá
Um samba quente, um chorinho de amor (eu vou)
Na onda do iê-iê-iê, eu sou o rei pra você
Fazendo a festa até o dia amanhecer

"Chega de saudade"
Meu peito invade, eu lembro do meu amor
Linda é a "Garota de Ipanema", seu gingado é um poema
Na "Asa Branca" sou eterno sonhador
"Pra não dizer que não falei das flores"
Vou me expressar mostrando todo o meu valor
Eu sou a arte que embala a esperança
Onde passo sou bonança
Bela "Aquarela Brasileira" decantou

A Portela demorou, mas abalou
E o povo canta novamente, já ganhou

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Carlinhos Careca / Jorginho Don / Picolé Da Portela / Renatinho Do Sambola. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais no Blog