exibições 34.631
Foto do artista Síntese

4:20, depressão presente. É o seguinte,
Várias fita na mente, no momento descrente.
Falta de fé até no que eu devia me apegar
Por ser mal interpretado no ato de tentar passar

Uma visão que a tal sociedade não pode ter,
Por nunca enfrentar seu medo e seu azar,
O não saber e o não tentar. Se conforta em ignorar.
Se contenta em acatar limite imposto na visão.

Sua instrução foi rasa. Sua falta de noção me embasa,
(No caso) sua ignorância vem de casa.
(O que) quase justifica seu jeito de pensar,
Mas não te insenta se frente a real você não tenta mudar.

Para além do capital...
Utópico quando o tópico é estudo social.
E genial, isso é o principal motivo dos problemas,
Blasfemia chamar quem age em função disso racional.

Caucasiano, católico, típico bom sujeito,
De toca, bunda mole e cheio de preconceito.
Entretido, com qualquer lixo dominical,
Iludido pela distorção dos fatos no jornal.

Catástrofe natural, conflito internacional
Noticiário esportivo aqui é supressão cerebral.
Manobram sua atenção quando quase te fazem pensar,
Te poupar do desgosto te faz disposto pra acordar

Pra trabalhar e pra nação bem dar sua contribuição,
Caminhando pra evolução... sem sair do lugar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir