Colapso

Soro

exibições 113

Minha mente entra em choque
Ao tentar entender os fatos como realmente são
Então há um colapso que me leva
Ao sintoma de repulsão
De mim mesmo

Eu não me conheço
Eu tenho até medo
Eu tenho segredos
Que guardo de mim mesmo

Meus olhos não me guiam
Pra lugar algum
Vento forte sopra ao norte
Que já não é só um
O vento

Febre repentina
Delírios, alucinações
Eu me sufoco com o silêncio
Das minhas confissões
Que já não são segredo pra ninguém