exibições 853

Soro

Soro


Esta é por todas as manhãs que você não me deixa dormir
E por todas as noites que você tenta me matar
Eu posso até correr em sua direção, mas nem por isso o mar vai secar

Vejo nos pulsos a força da minha pulsação
Não, não vai ser hoje que meu coração vai parar de bater
Então eu deixo você entrar no meu corpo e não morro
Não, eu não vou morrer!

Refrão
Por que você é só um vício barato
Por que com você eu viajo
Por que você e só com você
Eu me trato
Deste mundo

Esta é por todas as madrugadas em que eu fiquei ligado
Queria fechar os olhos, mas você estava ao meu lado
E eu tentei dormir, e eu tentei fingir, mas não pude fugir.

Eu vejo os meus olhos em frente ao espelho
Mas o que reflete já não sou eu
Hoje vou me abster, hoje vou me controlar
Hoje eu não vou tomar minha dose de você.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir