Calço de novo minhas botas dançadeira
Que alisa poeira num riscar do chão batido
Pois tem fandango chega da lida campeira
Ouço a vaneira resmungando em meu ouvido
E a despacito vou chegando no entreveiro
Sou o primeiro toque a cordeona gaiteiro
Cheguei faceiro prum galope prometido
(entro no baile e escuto toque fronteiro
Do chamamé da chamarrita castelhana
Danço a vaneira com passo bugiu serrano
Galopo campos aos dentasso do ventana
E numa valsa eu descanso da tropeada
Para tropear milongas por onde ande
Que coisa linda saber que ao toque da gaita
Tem cavalgadas pelos campos do rio grande)
Não frouxo o casco sou penteado em vanerão
O pó do chão rebocando em teu vestido
Toca gaiteiro que uma noite é pouco prazo
Para o atraso de tanto tempo perdido

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir