exibições 361

Brasilia

UBERRO


Quem é que vai pagar o preço?
Os juros do descaso, a conta no final do mês
Honestidade hoje é como castidade
Um cheque em branco pra comprar a sua verdade

Sua vida, sua alma, a sua concessão
Faz quantos dias que você não come um pão
A gente anda, corre, mas para no mesmo lugar,
Acreditando que essa porra um dia vai mudar

Não, eu não entendo o que aconteceu
Você se rende, você se vendeu
Quem é que vai pagar?

Não, eu não me entrego por nenhum valor
Eu me renego, seja ele qual for
Quem é que vai pagar?

Um mega esquema de propina
Laranjas são baratos na feira de Brasília
Ninguém enxerga ou não quer ver
As notícias do jornal, o homem da TV dizer

O viciado é quem sustenta a violência
Mais um safado saqueando a Previdência
Outro escândalo na esfera federal
Outra Sudene patrocina o seu mingau

Não, eu não entendo o que aconteceu
Você se rende, você se vendeu
Quem é que vai pagar?

Não, eu não me entrego por nenhum valor
Eu me renego, seja ele qual for
Quem é que vai pagar?

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog