exibições 286

U Pote

UBERRO


Hoje eu acordei mais forte
Tenho armas em minhas mãos
E a sorte guardada num pote
Verde, branco, azul e amarelo
Como o sangue que escorreu de mim
Quando eu tentava chegar mais perto

Daqueles que comandam os morteiros
Que fazem da pátria um grande puteiro
Dos homens que perderam o medo
E o respeito pela nação

Hoje eu sou mais esperto
Já não olho olho no olho,
Aprendi a ser desonesto
Como aqueles do Planalto Central
Professores do rapa certeiro,
Criadores do ponto final

Na boca de quem é guerreiro
Que luta por ser brasileiro
E grita pra quem quer ouvir
Levante quando eu cair

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog