Indústria Dos Sonhos

Valete


Toda a gente à procura d'um amanhã risonho
O nosso destino é sofrer nunca foi alcançar sonhos
Trago a verdade que a existência ratifica
P'a dar realismo ao vosso optimismo
Aqueles que dizem que toda a gente pode ser rica
Ingénuos, não sabem nada de capitalismo
Serás só um pária, na tua vida precária
A herança dos teus filhos há-de ser dividas bancárias
O teu hino, o suplício divino
O teu legado será um cancro no intestino
Mano Eduardo suicidou-se o ano passado
Caçado pela tormenta o mano estava extenuado
Antes da morte ele perguntou-mе com veemência
O que é que é mais corajoso?
O suicídio ou a sobrevivência?
Na aldеia todos querem a cidade
Vêm cheios de ilusões, incentivos, objectivos
Da aldeia para a cidade à procura de felicidade
Não sabem que a cidade é o cemitério dos vivos
Nem sabem o que vosso Deus apregoa
Amam mais Deus do que as pessoas
Escolher o casamento ou a solidão
É como escolher o caos ou a depressão
A morte nunca trouxe nenhuma porta
A morte é a celebração da derrota

[Valete & Bónus]
Paz interior é uma ilusão
O nosso destino é sofrer, eu sou soldado irmão
Paz interior é uma ilusão
O nosso destino é sofrer, eu sou soldado irmão
Paz interior é uma ilusão
O nosso destino é sofrer, eu sou soldado irmão
Paz interior é uma ilusão
O nosso destino é sofrer, eu sou soldado

Mais um mano deixou cair a toalha
Não existe vitória, todo o plano falha
Mais um mano deixou cair a toalha
Não existe vitória, todo o plano falha

Mais um mano deixou cair a toalha
Não existe vitória, todo o plano falha
Mais um mano deixou cair a toalha
Não existe vitória, todo o plano falha
O que tu ganhaste foi só uma batalha
A guerra ninguém ganha todo o plano falha

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog