às seis da manhã
quando a sirene soou
eu pensei em ir na janela olhar
e ver o que havia, mas não
eu vi muitas cobras no chão
e temi por mim

a sirene insistiu
e ouvi gente abrindo o portão
com a voz do meu pai
dando ordens para abrir
e entrando sem permissão
eu quis impedir mas os marimbondos
me atacaram em bando

então a porta se abriu
e alguém me pediu pra ficar calmo
ficar calmo?
"Quem é louco aqui?", falei pra distrair e ninguém quis sorrir
"Fica calmo"
eu sou calmo!
só não pise bem aí
há serpentes aqui
tenha cuidado!

eu pensei na minha mãe
quando a seringa beijou meu braço esquerdo
inchado de ir contra os homens de branco
que eu nunca quis nem pensar em ferir

e a ambulância seguiu e eu grogue ainda vi
pelo vidro da janela do carro
as pessoas correndo de marimbondos pelo centro
e é raro eu me preocupar
mas eu ainda gritei
"Tenham cuidado!"

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir