Nada é melhor
Que ser o centro da sua atenção
Vicia o talento inato
Que você tem pra me fazer rir
Jogue em mim teu afeto
Sempre mais
Pra quem sempre quis alegria
Você perto satisfaz
Como o vento traz vida ao ar
Como o tempo apaga o que jaz
E o sofrimento chora sem paz

O que eu peço é só
Que esse jeito de ver o amanhã
Sem ter um peso me prensando os ombros
Daqui para o fim seja incerto caminhar
Pra forçar em mim o desafio perpétuo
De te amar
Como o vento traz vida ao ar
Como o tempo apaga o que jaz
E o sofrimento chora sem paz

Não sentir medo de encarar
A pressão do sol
Me acalma os passos
E o coração
Me acalma os passos
E o coração

No calor do sol
Me acalma os passos
E o coração
Me acalma os passos
E o coração

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir