Fecho os olhos por um segundo e abro novamente pra vê
Se é pesadelo esse sofrimento no qual já não consigo conter
As lágrimas que rola são as mesmas que molham na alegria
Molham as folhas do caderno a cada noite por aqui mal dormida
Onde a bic já manja na escrita, ordenada pelo coração que dita
Onde a mente discute se vale mesmo permanecer nessa vida
Fazer o que mais gosta é bom, mas bom ainda quando tudo dá certo
Quando vê portas se abrindo tipo água brotando no chão do deserto

E você ainda com sede de vencer mas nem um passo a frente dá
A espera de que alguém vai chegar em você, estender a mão pra te ajudar
Vai, levanta e anda, como diz Emicida, é grande referência pra mim
E antes de você falar que é moda, moda é o que você faz enfim
Ataca atrás de um PC enquanto aquele sozinho levanta e prossegue
Olhando à frente pois o que ficou lá trás já não o pertence
Alias poucos acreditam, dão valor já que aqui é tipo abandono
E eu sou mais um nessa cidade buscando a realização do meu sonho

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir