exibições 984

Bisavó Madalena

Wilson das Neves


Nunca vi vou contar para vocês
Dançarina igual minha bisavó
Madalena com cento e dezesseis
Não perdia a pisada do Forró

Dançou Coco de roda e Xenhenhém
Quando andou no sertão de Maceió
Aprendeu nos fandangos de Belém
Caboclinho, Lambada e Caribó

Dançou no Maranhão Bumba-meu-boi
Gemedera e Embolada em Mossoró
Aprendeu Marujada quando foi
Num natal na Ilha de Marajó

Dançou Jongo, Catira e Caxambu
No batuque do chão levantou pó
Dançou frevo, Baião, Maracatu
Capoeira e Afoxé como ela só

Nunca vi vou contar para vocês
Dançarina igual minha bisavó
Madalena com cento e dezesseis
Não perdia a pisada do Forró

Dançou Xote, Xaxado e Cirandou
E no Samba era boa de gogó
De Criolo e de Mina no tambor
Madalena no corpo dava nó

Na Bahia bateu Batucajé
Fez cabeça no toque do Roncó
Também foi Iaô de Candomblé
De Tomas, de Tobias, de Timbó

Chula, Xiba, Rojão, Cateretê
Já dançou nos confins, no Cafundó
Catobé, Catumbi, Maculelê
Nunca mais vi ninguém dançar melhor

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog