exibições 4.507

Se me chamar, ô sorte

Wilson das Neves


Se me chamar pra sambar, eu cisco
Se me chamar pra tocar, balanço
Se me chamar pra compôr, capricho
Se me chamar pra cantar, não canso

Se me chamar pro amor eu brinco
Se me chamar pra nada, descanso
Se me chamar pra rezar, coringo
Se me chamar pra brigar, amanso

Nem sempre faço aquilo que quero
Mas sempre faço tudo que posso
O que eu não faço é o que eu não quero
Eu nunca quero o que eu não posso

Era só meu esse lero-lero
Se quiser, ele agora é nosso

Pode ser lá pelo centro
Lá no sul ou lá norte
Se me chamar, tô dentro
Se me chamar, ô sorte

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog