exibições 507

Dono da Razão

Wilson das Neves


Agora eu sei
Manchei a história, memória de um grande amor
Da nossa paixão eu não tive compaixão
Tranquei na clausura, doçura, fui ditador

Foi tão ruim
Você se calou e aceitou tudo por amor
Da sua inocência, insurgência se libertou
Das garras, amarras do mando do opressor

Vou confessar
Não vou mais brigar e aceitar sua condição
O curso da vida nos diz que há contradição
Mas é melhor ser feliz do que ter razão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog