Fecho os olhos e me lembro de uma história
Que me dá vontade de chorar, me dá vontade de chorar
Quantas vezes nossas lágrimas secaram
Mas no peito havia dor e a gente se calou

Num país com armas apontadas
Políticas ultrapassadas
E olhares atravessados para nós
Houve um tempo em que a canção não impedia
Mais um jovem negro de morrer
Por conta da sua cor

Uma história tão antiga em 2019
De uma civilização antiga em 2019

Fecho os olhos e me lembro de uma história
Que me dá vontade de chorar, me dá vontade de chorar
Quando 80 tiros carregaram para sempre
Da mulher o seu marido, o seu melhor amigo

Quando as armas de um estado genocida
Procuravam nossos filhos e roubaram seus futuros, suas vidas
Houve um tempo triste em que os olhos não sabiam enxergar a nossa dor
Mas viam nossa cor

Uma história tão antiga em 2019
De uma civilização antiga em 2019

Hoje vivo num futuro construído por meus pais
Ficam histórias e heranças, tesouros ancestrais
Meu presente foi sonhado, muitos, muitos anos atrás
Pela mão do povo negro, pela mão do povo indígena
Salve rei Xangô e seu reino
Terra de paz e Justiça
Terra de paz e justiça
Terra de paz e justiça

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts