O que é k-pop? Conheça o estilo musical que está conquistando o mundo

#kpoppers · Por Karoline Póss

23 de Abril de 2020, às 12:00

Se você é uma pessoa antenada nas redes sociais e em tendências musicais, com certeza já deve ter ouvido falar sobre k-pop, o estilo musical da Coreia do Sul que está dominando paradas mundiais. 

Nos últimos anos, o k-pop entrou de vez para as playlists, não só do pessoal do Leste Asiático, mas também aqui pelo ocidente, fazendo o seu espaço na mídia e conquistando milhares de fãs — os chamados k-poppers.

Mas se você ainda não sabe muito bem o que é k-pop, como ele surgiu e o motivo por trás de todo esse sucesso, é só continuar lendo esse post que te explicamos tudinho! 💜

Afinal, o que é k-pop?

K-pop é a abreviação de korean pop, a música popular sul-coreana. Entretanto, nem toda música da Coreia do Sul é k-pop: assim como não existe só sertanejo e funk no Brasil, existem diversos outros tipos de música por lá, como o trot, o folk, o rock e o hip hop. 

Embora comumente seja descrito como um gênero musical, o k-pop é, na verdade, uma mistura de diversos gêneros, como um estilo híbrido. Basta ouvir qualquer música para perceber como o pop, o hip-hop e o eletrônico se misturam para criar essa tendência mundial de sons inovadores.

É um estilo que abraça a forma moderna de música popular sul-coreana que, por sua vez, trabalha com influências externas para criar sua própria identidade sonora e visual.  

Ainda é correto afirmar que o k-pop é uma indústria musical: com seus longos processos de treinamentos de artistas e performances perfeitas, os grupos são vistos como produtos a serem lançados em um mercado competitivo que estreia mais de 100 novos artistas por ano.

Vamos falar mais sobre isso:

Como surgiu o k-pop?

O k-pop estourou mundialmente há poucos anos, mas já existe na Coreia do Sul desde o começo dos anos 90, marcado pela estreia do grupo Seo Taiji and Boys.

Lá em 1992, o país presenciou o surgimento dessa nova forma de fazer música, que soava como uma experiência entre diferentes gêneros e estilos de todo o mundo, misturando coreano e inglês e conquistando fãs por toda a Coreia, apesar dos maus olhares da crítica especializada

Entretanto, a Ásia passava por uma grande crise financeira nessa década e, para tentar melhorar sua economia, o Ministério da Cultura da Coreia do Sul investiu no entretenimento — e assim surgiu a Onda Hallyu, que envolveu não só o k-pop, mas os dramas (novelas), o cinema, a moda e outros aspectos culturais que foram exportados para o mundo. 

BoA, H.O.T e S.E.S são outros grandes exemplos de idols, como são chamados os artistas do k-pop, que ajudaram a definir os conceitos do estilo ainda no começo de sua existência, o que foi apelidado de 1ª geração — enquanto hoje, em 2020, já estamos falando sobre uma possível 4ª geração. 

Quer entender melhor como funcionam as gerações do k-pop e conhecer mais sobre os primeiros artistas? Confira os 10 maiores nomes da 1ª onda do estilo! 

primeira geração k-pop

A formação de um grupo

Um dos aspectos mais interessantes da indústria do k-pop é a formação de um grupo: ao contrário dos artistas brasileiros e estadunidenses, que normalmente surgem de bandas de garagem ou shows de talento, há todo um processo longo para se chegar a formação final de um grupo de k-pop, que envolve anos de muito treinamento e dedicação.

Assistindo aos seus artistas preferidos na televisão, muitas crianças coreanas começam a sonhar em também serem idols e, desde cedo, combinam os estudos com o treinamento intensivo para se preparar para as audições, eventualmente lançadas pelas principais empresas de entretenimento do país, como a SM, a YG, a JYP e a Big Hit. 

São poucas vagas para o grande número de interessados, mas menos ainda realizam o sonho de estrear em um grupo, já que o processo é ainda mais árduo após sua entrada nas empresas: 

Os candidatos aprovados nas audições serão treinados não só para o canto/rap, dança e atuação, mas também sobre como se comportar em frente às câmeras e até mesmo a aprender outros idiomas! Isso sem falar das temidas dietas, do uso limitado de celular e da proibição de namoros. Todo esse período é chamado de pré-debut

Trainees de k-pop
Trainees / Créditos: Divulgação

Os mais talentosos e determinados conseguem debutar (termo utilizado para falar da estreia de um artista ou grupo no cenário do k-pop), mas isso não garante a fama: com mais de 100 novos nomes sendo lançados por ano no mercado musical, a competição é grande e exige ainda mais empenho dos integrantes e toda a sua equipe — além de um bom marketing. 

Da Coreia do Sul para o mundo

O k-pop primeiro conquistou o leste asiático, com grande sucesso no Japão, China e Filipinas, mas nos últimos anos chegou com grande força também no ocidente.

Houveram diversas tentativas de trazer o k-pop para o lado de cá do mundo, com a BoA lançando um álbum em inglês em 2007, o Wonder Girls abrindo shows dos Jonas Brothers em 2009 e a estreia do Girls’ Generation na televisão americana em 2011.

Entretanto, foi só com Gangnam Style, lançada pelo PSY em 2012, que o mundo teve a verdadeira amostra do poder do k-pop.

Alguns ouvintes aproveitaram a onda para se aventurar por outros grandes nomes do estilo, conhecendo grupos como BIGBANG e 2NE1 enquanto a presença de k-poppers começava a crescer significativamente em todo o mundo.

Diversos shows de k-pop já eram realizados anualmente em todo o mundo, inclusive por aqui, levando alguns milhares de fãs do Super Junior, 4Minute, NU’EST e vários outros artistas a conhecerem seus artistas preferidos em performances brasileiras.

Vem com a gente relembrar 10 shows de k-pop inesquecíveis que aconteceram no Brasil! 

k-pop no brasil

Mas foi só em 2017 que o k-pop de fato explodiu, com o BTS quebrando recordes de artistas mundialmente famosas como Taylor Swift, Rihanna e Ariana Grande.

O septeto masculino que havia surgido tímido na Coreia do Sul em 2013 é, agora, o mais popular nome da música do país e está fazendo grande história por todo o mundo.

Outros nomes também começaram a crescer pelo globo, como BLACKPINK, Monsta X, EXO e NCT, dentre outros grupos que estão cada vez mais conquistando não só fãs, mas espaço pela grande mídia ocidental. 

Os maiores nomes do k-pop

Agora que você já conhece os artistas da primeira geração do k-pop, vamos falar um pouquinho sobre as outras:

A segunda geração deu grandes passos pelo reconhecimento internacional para o k-pop, e é formada por nomes como TVXQ, Girls’ Generation, Super Junior, Wonder Girls, BIGBANG, 2NE1, Infinite e KARA, dentre muitos outros que ajudaram a construir a identidade do k-pop.

A terceira geração traz os grandes responsáveis por todo o grande desempenho internacional que o estilo teve nos últimos anos. É impossível falar dessa geração sem citar BTS, TWICE, EXO, BLACKPINK, Monsta X e Red Velvet, que já estão na boca do povo e não param de crescer! 💜

E embora muito já seja falado sobre uma quarta geração, ela ainda não foi oficializada. Grupos como Itzy, Everglow, TXT e Ateez, que já estrearam arrasando em todo o mundo, podem ser os grandes nomes dessa nova onda — mas ainda é cedo para falar sobre isso.  

A língua k-popper

Sendo fã de k-pop é possível aprender muito, não só sobre a indústria musical sul-coreana, mas sobre diversos elementos culturais do país, como o seu cinema, moda, gastronomia e até mesmo o idioma.

Há diversos estudos que apontam que os jovens estão cada vez mais interessados em aprender a língua coreana, e o k-pop tem grande colaboração nisso. 

Se você quer aprender o idioma, a gente te dá uma forcinha com essas dicas de músicas para estudar coreano com k-pop, sem precisar sair de casa! 

Além do coreano em si, os k-poppers também aprendem expressões próprias do estilo que são essenciais para a comunicação entre a comunidade de fãs. Olha só:

Bias: o integrante preferido de um grupo
Comeback: lançar uma música ou álbum novo(a)
Debut: estreia no k-pop
Idol: os artistas do k-pop
MV: vídeoclipe
Rookie: grupos e artistas novatos

Quer saber mais sobre essa língua? Temos um dicionário com as principais expressões do k-pop esperando por você.

dicionário k-pop

De cabeça no k-pop

Ufa! Foi um texto longo, mas esperamos que tenha te ajudado a entender melhor toda a complexidade que há por trás desse estilo que está conquistando todo o mundo com sua inovação e criatividade sem limites

Agora, que tal se aventurar pelo som dos principais artistas do momento? Vem ouvir a nossa playlistseleção k-pop, repleta de músicas incríveis para entender de uma vez por todas o porquê desse estilo ser tão querido entre os fãs. 💜

seleção k-pop playlist

Receba os melhores posts do blog em seu e-mail

Assine a newsletter gratuitamente e descubra mais sobre o mundo da música


Por favor, insira um e-mail válido.

Obrigado por assinar a nossa newsletter! 😊

Ops, rolou um erro na inscrição. Tente novamente mais tarde.