BTS: um guia sobre o grupo de k-pop que está conquistando o mundo

Artistas · Por Dora Guerra

4 de Abril de 2019, às 09:01

Seja um fã convicto ou não, você com certeza já ouviu falar do estilo musical que está arrasando por aí: o k-pop, ou pop sul-coreano. O grupo BTS, que surgiu em 2013, é uma fortíssima representante do gênero e está esgotando ingressos para a sua vinda ao Brasil em maio deste ano. Quer entender mais sobre esse fenômeno que é o BTS? Vem que a gente te explica!

Mas afinal, quem é BTS?

O nome BTS vem de Bangtan Sonyeondan (방탄소년단), que significa “escoteiros à prova de bala”. Esse nome também levou aos apelidos Bangtan Boys ou Bulletproof Scout Boys por algum tempo. Hoje, o significado de BTS passou para “Beyond The Scene”, que pode ser traduzido como “além da cena”. Formado por 7 integrantes, o grupo tem influências do hip-hop, R&B, pop e rock em suas músicas.

Grupo BTS
Créditos: Divulgação

É grupo ou banda BTS? 🤔

Essa é uma dúvida comum! O termo “banda” se refere a uma reunião de músicos, com o intuito de tocar arranjos musicais. Como os membros do BTS são vocalistas, rappers e/ou dançarinos (sem instrumentos em suas performances), chamamos de grupo de k-pop. Mas existe banda de k-pop também: um exemplo é o Day6.

Apesar disso, os meninos do BTS são responsáveis por escrever 90% de suas letras e alguns integrantes até atuam como produtores, o que não é tão comum na indústria do k-pop. Ou seja, não é porque não tocam instrumentos em performances que não são envolvidos nas músicas, né? 🙂

Os integrantes

Enquanto cada fã tem seu “bias” (favorito), a gente te conta um pouquinho de cada um:

  • RM (Rap Monster): nome artístico de Kim Nanjoon (김남준), que é o líder e principal rapper do grupo, como seu nome artístico anterior sugere. Atua também como compositor e produtor.
  • Jin: nome artístico de Kim Seokjin (김석진), membro mais velho, vocalista e imagem oficial do grupo BTS.
  • Suga: nome artístico de Min Yoongi (민윤기), que também é rapper, além de compositor e produtor.
  • J-Hope: nome artístico de Jung Hoseok (정호석), rapper e um dos principais dançarinos no grupo.
  • Jungkook (JK): nome artístico de Jeon Jungkook (전정국), membro mais jovem, vocalista, líder dos dançarinos (junto com V) e rapper.
  • Jimin: nome artístico de Park Jimin (박지민), principal vocalista e também um dos principais dançarinos.
  • V: nome artístico de Kim Taehuyng (김태형), vocalista e líder dos dançarinos.
integrantes do grupo bts

Da esquerda para a direita: V, Suga, Jin, Jungkook, RM, Jimin e J-Hope, no Billboard Music Awards 2018 / Créditos: Divulgação

Agora que você sabe um pouquinho mais sobre o grupo, chegou a hora de conhecer os hits, né? Olha o nosso Top 10:

Nosso top 10 hits do grupo

10. I Need U

Lançada em 2015 para o álbum The Most Beautiful Moment In Life Part 1, a música I Need U fala sobre os riscos e tristezas de um amor jovem, segundo o próprio RM. Dá pra sentir essa intensidade no refrão, por exemplo: I need you girl/ Wae honja saranghago/ Honjaseoman ibyeolhae (Eu preciso de você, garota/ Por que eu me apaixono/ E digo adeus sozinho?)

Para alguns críticos, foi essa música — bem como outros singles desse mesmo álbum — que trouxe o BTS de forma mais agressiva ao centro dos holofotes da mídia.

9. Save Me

Último single do mesmo álbum, Save Me foi chamada como “a música que solidificou essa mistura entre eletrônica popular e tendências de hip-hop para o BTS”, de acordo com a Billboard. Em termos de produção, dá pra ver uma diferença grande do clipe dessa música para os seguintes, que têm muito mais efeitos, cenários e diferentes figurinos. Ainda assim, o vídeo já mostra os incríveis passos de dança que marcam a carreira do grupo até hoje.

8. Not Today

Hoje não! A música Not Today, de 2017, fala sobre superar e resistir a obstáculos: principalmente os haters. Acredita-se que é uma canção sobre união, especialmente do grupo com os fãs, para que o BTS se mantenha relevante e forte na indústria. Ah, e pra quem não sabe, os fãs do grupo se autodenominam Army, ou seja, exército do BTS — afinal, estão juntos com o grupo nas vitórias e derrotas.

7. Dope

Hm? Eoseo wa! bangtaneun cheoeumiji? (Hum, bem-vinda, é sua primeira vez com o BTS?)

Com essa frase de abertura, Dope foi lançada em 2015 e é uma ótima canção para apresentar um iniciante ao grupo: com um clipe dinâmico, em que os meninos se vestem de diversas profissões, Dope é a cara do BTS. É divertida, com muita energia e fala sobre como eles trabalham duro, dançam e são incríveis. E não é que são mesmo?

6. MIC Drop (Steve Aoki Remix)

O grupo BTS e Steve Aoki, famoso DJ estadunidense, se conheceram pela primeira vez no Billboard Music Awards 2017, quando o grupo de k-pop venceu como Top Social Artist. Desde então, colaborações entre os dois artistas são frequentes, como The Truth Untold e Waste It On Me. Nosso destaque vai para MIC Drop, remix que Steve Aoki fez para a canção do grupo.

Uma curiosidade é que o nome da música vem da expressão “mic drop” (largar o microfone), que é um símbolo de confiança e swag. De acordo com os integrantes do grupo, essa música foi inspirada pelo discurso de Barack Obama no Correspondents Dinner 2016, que acaba com o ex-presidente largando o microfone com estilo.

5. Blood, Sweat & Tears

A música Blood, Sweat & Tears foi a primeira música lançada para o álbum WINGS, segundo álbum de estúdio do grupo. Em 2016, quando o videoclipe foi lançado, alcançou 3 milhões de visualizações nas primeiras 12 horas — mais tarde, seria o primeiro vídeo de k-pop a alcançar 20 milhões de visualizações.

A canção faz referência a um tema recorrente nesse álbum, que trata de ganância e moralidade.

4. Fire

O clipe de Fire começa com um aperto de mão muito similar (propositalmente?) à capa de Wish You Were Here, do Pink Floyd. É ao fim do cumprimento que começa a música, que realmente “pega fogo”: com batidas eletrônicas e uma coreografia de alta energia, é difícil ficar parado quando Fire toca.

3. DNA

Ao comentar sobre DNA para a Billboard, RM diz que a música é sobre um amor jovem — assunto comum nas canções do grupo —, mas em termos técnicos e musicais, se difere bastante dos trabalhos anteriores do BTS. E acrescenta: “É o ponto de partida para uma segunda parte da nossa carreira: o começo do nosso Capítulo Dois.”

A música foi a primeira de uma boyband coreana a estrear entre o Top 100 das paradas dos Estados Unidos. Por isso, os meninos puderam apresentá-la no Billboard Music Awards, fazendo sua primeira apresentação na TV americana. E fazer sucesso nos EUA ajuda bastante a fazer sucesso no mundo, né?

2. IDOL

You can call me artist/ You can call me idol/ anim eotteon dareun/ mwora haedo I don’t care/ I’m proud of it/ nan jayuropne/ No more irony/naneun hangsang nayeossgie (Você pode me chamar de artista/ Você pode me chamar de ídolo/ Ou qualquer outra coisa/ Que você quiser, eu não me importo/ Eu tenho orgulho disso/ Sou livre/ Sem mais ironia/ Pois eu sempre fui eu mesmo)

Essa é a mensagem por trás de IDOL: com o sucesso do grupo BTS, o grupo acaba atraindo muita atenção positiva e negativa. Você pode chamá-los de artistas, ídolos, ou criticá-los, mas não importa, pois o essencial é que eles estão sendo eles mesmos.

A canção em si mistura elementos sonoros tradicionais da Coreia com grooves modernos de hip-hop, fortalecendo a identidade musical do grupo. Lançada no ano passado, IDOL ainda ganhou uma versão com a rapper Nicki Minaj.

1. Fake Love

Lançada como single principal para Love Yourself 轉 ‘Tear, a música Fake Love fala sobre perceber que um amor, que parecia ser destino, não era de fato verdadeiro. Tipo um “obrigado por demonstrar esse amor falso…”, né Aldair Playboy?

Sobre o álbum e esse assunto do amor, RM comenta: “Queríamos dizer que, se você não se mantém verdadeiro a si mesmo, o amor não dura, e isso poderia ser o amor entre uma pessoa e outra ou amor entre eu e eu mesmo.”

Por ser um single de sucesso mundial no álbum mais recente do grupo, escolhemos Fake Love para ser o número 1 da nossa lista. 😉

Entendeu mais sobre o fenômeno que é o grupo BTS? Então tá na hora de conferir mais músicas deles! Fizemos uma playlist especial pra conferir a evolução do BTS ao longo da carreira — vem ouvir!

banner playlist do grupo BTS