Romper
Há quem diga que você vai roer o que houve até aqui, meu irmão
Não se perca, não se meta num caminho inseguro pelo escuro

Que o apuro vai estar onde não se deve andar
O destino que te indico é o que há, pois sim
Se o seu chão for desmontar as paredes vão tombar
Me avise antes que seja o nosso fim

Não vá puir a corda errada se não há nada que falte a você
Porquê não remendar o que restou de bom aqui?

Armadilhas pelo chão se desarmam num pisão
Não me diga que não lhe adverti, enfim
Tropeçando a visão tua vida vai em vão
E eu querendo lhe poupar desse porfim.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir