Já não há mais o que ver lá fora
Morre o mundo que eu conhecia
E eu sumo no escuro dessa sala abafada pelo tempo
Me conformo e espero a minha hora

A tempestade varreu
A humanidade já caiu
E o que sobra é o esboço do que um dia o dia foi

Prédios e abismos se levantam sobre nós
Esses dias pálidos roubaram minha paz
E a janela se fechou a tantos anos
Já não ouço mais o caos dos humanos

A tempestade varreu
A humanidade já caiu
E o que sobra é o esboço do que um dia o dia foi.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir