O teu cocó
P’ra mim é pão de ló
O teu xixi
Eu bebo já aqui
Linda Teté deixa lamber o bidé
Que bom que é
Linda Teté

O teu muco
P´ra mim é doce suco
O vomitado
P’ra mim é esparregado
Com as catotas
Eu faço as minhas compotas
Linda Teté
Que bom que é

Eu amo tudo em ti
É o melhor p’ra mim
Há quem diga que eu sou
Anormal, anormal, anormal
É muito natural!

O vomitado
P’ra mim é esparregado
O cagalhão
É a minha refeição
E com a bosta
Eu faço um tosta
Linda Teté
Que bom que é

O teu período
Eu como no entrudo
A caganita
É a pipoca frita
Teté bonita
Deixa lamber a sanita
Lida Teté
Yé, yé, yé, yé

Eu amo tudo em ti
É o melhor p’ra mim
Há quem diga que eu sou
Anormal, anormal, anormal
É muito natural!

Eu amo tudo em ti
É o melhor p’ra mim
Há quem diga que eu sou
Anormal, anormal, anormal
É muito natural!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir