Era uma vez um relógio
Que seus ponteiros perdera
O tempo se transformou
Numa cruel britadeira
Rápida a vida ficou
Que até me dava tonteira

As engrenagens e molas
Foram parar na lixeira
O tempo se triturou
Dentro da minha moleira
Indo veloz pela fábrica
Que me causava leseira

Após um tempo lá em casa
Apareceu no porão
Um violão que alterava
E o tempo ficava tão
Mas tão devagar que quase
Parava o meu coração

Foi meu avô que inventou
Essa engenhoca maneira
Que põe o tempo no slow
E põe pra fora a cadeira
Pra ver a vida passar
Eu tiro o blues d’algibeira

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Kadu Mauad / Thiago Miranda · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Kadu
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.