As nuvens que passam
Pelo chão do tempo
São feito manadas
Tangidas ao léu
Num céu de delírios
Moinhos de vento
Num céu de delírios
Moendo o vento

As nuvens que rodam
O engenho da máquina
Tal qual uma boiada
Em meio ao trovão
No açoite das horas
Num golpe de vento
Com o aboio do tempo
Na estrada de chão

Rebentam porteiras
Desatam varais
Num grande delírio
Desses vendavais

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Kadu Mauad / Márcio Hallack · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Kadu
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.