Eu pensei que era você quem chegava
Nem tudo, porém, a mim perturbava
E eu achando que o seu amor entrava
Saí perdendo, sem nada e sem razão

Eu pequei, meu Deus, sem saber que amava
E quanto mais meu amor lhe jurava
Menos ainda deste amor eu ganhava
Seu completo (complexo) e tão sincero coração

Mas, tudo foi como a vida mandava
Rainha essa que me destronava
Dando-me a cadeira da desilusão

E hoje eu sei o quanto que eu bancava
O bobo da corte da qual mangava
Por ser um curinga na palma da mão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Kadu Mauad / Roger Resende. Essa informação está errada? Nos avise.