exibições 162
Foto do artista Péri

O Indivisível

Péri


Que é que cê quer de mim
Se tudo já lhe dei
Minha paz meu amor meu perdão

Se o que a gente construiu se edificará
Num monumento de alegria
O mar e o seu silêncio
A nos acompanhar
E o tempo então
Não existirá e tudo mais será distante
Bem longe de nós

Somos em nós o que habita
O que ainda nunca existiu
O prumo e a reta
O indivisível

O pau a lenha
O fogo a brasa
O carvão
A senha
No labirinto da escuridão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir