Nas Asas do Mangangá

Zé Manoel


Me deitei pra dormir na asa do mangangá
Meu amor me prendeu com a linha de amarrar
Quando ele avoou, girou no ar, girou no ar
Quando ele avoou, girou no ar, girou no ar

Na retina ficou a imagem do meu amor
Com um rio a brotar do fundo do seu olhar
Quando gritei de longe, eu vou voltar, eu vou voltar
Quando gritei de longe, eu vou voltar, eu vou voltar

Aqui se tem amor pra dar, aqui se tem
Não tem vintém, amor pra dar é o que se tem
Pairo na flor do mangangá, durmo no mel, avôo pro mar
Não sou da flor, não sou do mel, nem sou do mar
Só sou do chão que eu pisar
Se eu quiser ir embora mangangá, me leva, eu vou voltar
Me leva, eu vou voltar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts