Relembre as melhores músicas de Tonico e Tinoco

Nostalgia · Por Rafaela Damasceno

15 de Abril de 2021, às 19:00

Uma das duplas mais importantes do sertanejo nacional, Tonico e Tinoco, nos seus 64 anos de carreira, lançaram quase 1000 gravações musicais, divididas em 83 discos. Além de ter produzido tanto, eles também são considerados os músicos que mais venderam discos no Brasil! 😱

Tonico e Tinoco
Créditos: Divulgação

E todo esse reconhecimento é merecido. Eles gravaram muitas canções inesquecíveis, que os consagraram como uma das principais duplas do sertanejo raiz brasileiro

Foi difícil escolher as melhores músicas da dupla. Mas a gente conseguiu fazer uma seleção para você, fã das antigas ou mais recentes de Tonico e Tinoco. Olha só:

As melhores músicas de Tonico e Tinoco

Muitas canções que até hoje fazem sucesso no sertanejo brasileiro foram gravadas por Tonico e Tinoco.

Apesar de a dupla não existir mais, novos artistas fazem versões de suas músicas e a sua produção segue viva no coração dos fãs de todas as gerações. Confira, a seguir, a nossa lista com as melhores: 

Saco de Estopa

O sucesso mais ouvido de Tonico e Tinoco trata de uma temática muito comum das músicas sertanejas. Saco de Estopa é sobre a lida na roça, o trabalho com o gado e o cultivo de plantas e vegetais.

Deve ser por isso que muita gente que mora ou já morou no interior se identifica com a letra. Se esse é o seu caso, aproveite para relembrar esses momentos da sua vida:

Chico Mineiro

Um estilo muito reproduzido no sertanejo é a moda de viola, caracterizada por músicas que não têm refrão e contam uma narrativa típica da vida no campo. É o caso de Chico Mineiro, uma canção conhecida por praticamente todo brasileiro que curte o estilo.

No enredo da letra, o narrador canta sobre a sua descoberta de que o seu companheiro de viagem, que dá nome à música, assassinado em uma Festa do Divino, era na verdade o seu irmão. Um relato emocionante, que vale a pena ser lembrado:

Chitãozinho e Xororó

Tonico e Tinoco gravaram Chitãozinho e Xororó quando a dupla de mesmo nome nem pensava em existir. Anos mais tarde, Chitãozinho e Xororó, que hoje têm várias músicas de sucesso, resolveram assumir o pseudônimo em homenagem aos precursores do sertanejo nacional. 

Caso você nunca tenha ouvido, chegou a hora de conhecer a canção:

As melhores músicas de Chitãozinho e Xororó: vem relembrar 

Tristeza do Jeca

Engana-se quem pensa que a dupla se inspirou no lendário Jeca Tatu para compor Tristeza do Jeca. O personagem de Monteiro Lobato, que personifica o caipira preguiçoso e atrasado, é totalmente diferente do narrador reflexivo dessa música.

Com versos poéticos e melancólicos, conseguimos sentir empatia e identificação com o Jeca de Tonico e Tinoco:

Moreninha Linda

Outro grande sucesso da dupla é a animada Moreninha Linda, que certamente você já ouviu várias vezes. O que muita gente não sabe é que, recentemente, a canção inspirou um concurso de beleza na cidade de Pratânia/SP, onde Tinoco nasceu.

A competição foi transmitida pela Rede Globo e teve muita audiência na região. O que ajudou mais ainda para a popularidade da música, que você ouve agora:

Cabocla Tereza

Mais uma moda de viola, Cabocla Tereza também traz uma narrativa super emocionante e bastante triste. Um caboclo, movido pelos ciúmes, atirou em sua amada, causando a sua morte.

O que hoje seria noticiado pelos jornais, na época só ficou registrada mesmo na voz de Tonico e Tinoco. Se é inspirada em fatos reais ou não, a gente nunca vai saber. O que podemos fazer mesmo é escutar de novo esse grande sucesso:

Adeus Paulistinha

Uma das temática mais frequentes nas músicas sertanejas é a saudade do interior que o caipira sente quando se muda para a cidade grande. Em Adeus Paulistinha, esse sentimento é retratado com muita animação.

Além de se inspirar com a letra, você ainda pode aproveitar para dançar no ritmo da canção:

Beijinho Doce

Uma das músicas brasileiras mais regravadas é Beijinho Doce. Lançada originalmente em 1945, por duas cantoras, as Irmãs Castro, hoje ela é muito lembrada também pela versão de Tonico e Tinoco.

Que tal escutá-la de novo? Aproveite e faça uma sessão nostalgia:

Cana Verde

A forma de falar do caipira também está muito presente nas músicas da dupla. Em Cana Verde, a variação linguística típica do interior aparece muito marcante na letra:

Quem canta, seu mal espanta 
Chorando será pió 
O amô que vai e volta 
Na volta, sempre é mió

A Marca da Ferradura

Muito além de cantores talentosos, Tonico e Tinoco também estrelaram vários filmes. Um deles foi inspirado na música A Marca da Ferradura, de 1969.

Caso você não tenha assistido, só de ouvir a letra você já consegue imaginar todo um enredo emocionante, de amor e traição:

Canoeiro

Muita gente já ouviu Canoeiro, mas não sabe a história por trás da canção. Na verdade, ela foi composta por outra dupla sertaneja, Zé Carreiro e Carreirinho. 

Como Tonico e Tinoco gostaram muito dela e queriam gravá-la, os compositores autorizaram a gravação, com a condição de que arrumassem para eles um contrato na sua gravadora. 

A vontade era tanta de gravar a moda que o acordo foi firmado e todo mundo saiu ganhando! 

Saudade de Matão

Extremamente filosófica e reflexiva, Saudade de Matão é uma daquelas músicas que faz com que a gente fique pensando por horas e horas na letra. E que desperta uma saudade que a gente não sabe do que, mas simplesmente sente. 

Mesmo que você não tenha origem no interior, talvez consiga se identificar com essa canção:

Ouça mais clássicos do sertanejo raiz

Se você é fã de Tonico e Tinoco, com certeza já conhecia a maioria, ou até mesmo todas, da nossa lista de melhores músicas. Agora, que tal entrar de vez no clima do modão e ouvir 10 clássicos do sertanejo raiz

Músicas sertanejas antigas

Mais listas de duplas sertanejas famosas

Receba os melhores posts do blog em seu e-mail

Assine a newsletter gratuitamente e descubra mais sobre o mundo da música


Por favor, insira um e-mail válido.

Obrigado por assinar a nossa newsletter! 😊

Ops, rolou um erro na inscrição. Tente novamente mais tarde.