gavetas se abrindo
portas se fechando
imagens e sons, espelhos se quebrando
mas eu não tenho febre
eu não cherei cocaína
ficar sem encontrar você parece ser minha sina
o que posso fazer?
você é a garota dos meus sonhos
mas você está distante sempre que abro meus olhos
me levanto e fico vagando pela casa
as paredes disabando como um dominó
o cheiro de rosas que parece seu perfume
enquanto minha mente anda pelas nuvens

nada é impossível
enquanto eu durmo e sonho com você
pois na canção do delírio tudo pode acontecer

meus olhos fechando
minha cabeça se abrindo
sozinho no escuro
meu mundo caindo
vejo uma navalha cortando minha pele
olho bem e percebo que é seu nome sendo escrito
discos voadores levaram você de mim
não sei como vou continuar se continuar assim
uma orquestra sinfônica toca no meu funeral
e você chora ao meu lado
isso é quase real
mas não ao ponto de me fazer acreditar
que por mais que eu procure eu não va te encontrar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir