Caminhando cegamente
Atrás de alguém que tivesse o poder
De estar presente atrás da tela que te fez
Pés descalços, cicatrizes,
Marcas de quem nunca esteve pronto
Para ser o que todos queriam ver
Sendo visto por ninguém
Poucos foram mais além

De tanto enxergar as mesmas marcas de pés cansados à minha frente eu vou
Mudar de rumo e começar a correr a favor do vento

Acordando de uma queda
Seus olhos agora podem ver o fim da estrada
Ver felicidade, então
Todas suas preces atendidas
Toda força que não tinha
De cabeça erguida grita um coração
Do passado mais ninguém
Fim da linha
Vida

De tanto enxergar as mesmas marcas de pés cansados à minha frente eu vou
Mudar de rumo e começar a correr a favor do vento

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir