Ver
Não deixo a luz me apagar, se não desapontar
Os prédios que caem são filhos do raso dia
E eu estou cansado da rotina

Quero encerrar o dia
Num sonho amanhecia

Fecho os olhos pra vida
Quero um momento desconhecido e só
Quero andar sobre o vento
Ver meus fortes no pó

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir