Raio a Lua de Mucugê
armou-se em rede para deitar

De lá eu fito o Espinhaço sul
eis que o acaso me desvia o olhar ao mar
e o mar se surpreenderá

Quando eu invadir o mar
levando o sertão nas mãos
Pai Inácio eu vou beirar de sal

Se a espera não tem lugar
não me cabe outra condição
que não seja me destinar a foz

Faz tua mochila e desce a ladeira
aponta com teu coração a direção

Faz tua mochila e sobe a ladeira
aponta com teu coração a direção

Raio a Lua de Mucugê
vou só ali, vou ali no mar
meu mar existe no seu olhar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Bernardo Do Espinhaço. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais no Blog