Ninguém atura
Tanta ternura
Ninguém atura
Tanta ternura em mim

Eu sem sono
Ela a sono solto
Só pode ser louco quem vive assim

Eu vivo sofrendo pelos outros
Ninguém atura
Tanta ternura em mim

Só esse som e nenhum outro
Diminuto,pouco
No fundo de mim
Ah,aha...

Som seco
Eco de si mesmo
Num minuto
Outro,louco
Oco enfim...

Uou,uou...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Paquito / Roberto Mendes. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais posts