Sabe, lembro tanto da estrada
De tantas caminhadas de um maluco sonhador
Pois eu sigo a estrada
Que me leva eu sempre a nada
Sem saber onde chegar
Se a cruz que eu carrego
São o peso das correntes no teu calcanhar

Se eu nasci foi para isto
Até mesmo eu não resisto
Este carma que tenho de carregar
Se eu nasci foi para isto
Até mesmo eu não resisto
Este carma so me faz eu delirar

Sabe, lembro tanto da estrada
De tantas caminhadas, eu não posso te contar
Mas na vida
Cheira a mente idéias diferentes
Na viola fiz versos pra cantar
Resta dar que corta montes e horizontes
Cortou meu coração

Se eu nasci foi para isto
Até mesmo eu não resisto
Este carma que tenho de carregar
Se eu nasci foi para isto
Até mesmo eu não resisto
Este carma so me faz eu delirar

Sabe...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir