Saudade faz visita
Trazendo a mim teu rosto
Amor que já foi tão servido e posto
No prato ao gosto do corpo

Acho que essa dor
Não é mais que uma dor
Bobagem boa de viver
A urgência de viver
Não serve pra viver em pé, em paz
Verás que é mesmo assim

Amor que bate em mim
Bateu por ti
E a filha da hora de agora
Se chama saudade.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir