Foto do artista Violins

O Anti-herói (Parte I)

Violins


Tranque a porta que eu já ouvi barulho lá fora
Pode ser que queiram roubar a minha moto nova
E queiram te violentar mas isso nem importa
É bem a cara desse mundo, você só deve olhar pela janela

E de repente eu pensei que puta morte bela se eu morrer
Pra defender os bens que eu comprei a prazo e a prestação
E fingir que é teu meu coração, fingir morrer por nós
Mas não, eu mato o ladrão
E você agora me tem devoção
A mim, um lambedor de chão
Que nem sei beber, sem te meter a mão

Tranque a porta que eu já ouvi barulho lá fora
Pode ser que queiram roubar a minha moto nova
E queiram te violentar mas isso nem importa
É bem a cara desse mundo, você só deve olhar pela janela

E de repente eu pensei que puta morte bela se eu morrer
Pra defender os bens que eu comprei a prazo e a prestação
E fingir que é teu meu coração, fingir morrer por nós
Mas não, eu mato o ladrão
E você agora me tem devoção
A mim, um lambedor de chão
Que nem sei beber, sem te meter a mão

Quanto tempo eu devo perseguir o bem
Eu devo perseguir alguém outra vez
Outra vez, outra vez.

Quanto tempo eu devo perseguir o bem
Eu devo perseguir alguém outra vez
Outra vez, outra vez.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir