Hoje em dia não tem o amor mais
Tem. Não vou falar que não tem que estaria mentindo
Tem! Mas o que reina mais é o que? É o mal, pode cre véi?
Lembra daquela música do Zé Ramalho?
Tem que prestar atenção em muitas coisas
Tem muitas pessoas ai pra dar uma ideia massa
Vida de gado, povo marcado, povo feliz

Cê pode botar aqui 700 galinhas, quero ver você tomar conta delas, você consegue?
E 8 Bilhões de galinhas? (a humanidade que tá aí)
Vai se tornar uma peste. Não vai ser difícil de manejar?
Ai como que você, se você é o dono desse rebanho grande você vai fazer o que?
Eu acho que você vai matar um monte
Pra que criar uma bomba atômica, com capacidade de matar milhares de pessoas
Se não tem a intenção de usar?
A resposta ta ai. Aí você sabe quem é o ser humano. Pode cre?
O ser humano é territorial, tá ligado?
Ele é capitalista!
Não era pra vender no mundo, lote, vende terreno
Sabia que não era?
Era pra ser proibido isso
Todo mundo que nascesse era direito a um pedacinho só de terra
Onde ele ia viver e fazer sua vida. E ia ter pra todo mundo
Cê vê que hoje tudo que cê compra é transgênico. Tudo vem
Tudo é transgênico!
Cê vai comer um mirabel é transgênico, cê vai. Qualquer coisa, é transgênico
Então ali ele já vai te matando. Pode crê? Cê tá entendendo?

Boss
Eu me senti preso a peça
Vida é interpretação
Resolvi sair de lá

Na verdade não há nada que impeça
Depois que tira a venda que queria te cegar
Informação me guie nessa escuridão, curió zoião
Afastai de mim e dos meus irmãos memo

Sejamos bem em multiplicação
E que a canção
Espalhe e seja trilha pra revolução

O tempo é feroz, mudança é velo
Depois não diz que eu não avisei pô

Sic
Somos números vivos, desde o cadastro
Seguem seus passos, cada registro
Todo sorriso e click pro feed
Entre o contato e o aceitar convite

Talvez se irrite ouvindo esse hit
Não que eu me lixe, ocê que se lasque
E masque sua praga
Quem não tá aberto a mudanças vai morrer com os mesmos limites

Nós nascemos em plena tensão, crescente agressão
Nada pessoal que segure a pancada a cada mancada
Mas nós jamais saberemos quem são ou como eles pensam
Porque batemos cabeça enrolados nas mesmas amarras

Érick
Ahooo In’Rua que entorpece a mente
Cheia ela transborda vazia e bate de frente
HR não é Ratatui a história conta diferente
Estoura os tampão gourmet e vocabulário pra converter sua gente

É que nem drama me tira dessa comédia
Vou por terror pra ver se suspense
Surpreende um pouco essa plateia

Que a rede embaralha o sentido do baralho
Eu vejo do outro lado
O oposto do que eu tenho enfrentado

Vulnerável por aqui é o tempo
O que acumulei nem é o bastante pra mim mesmo
In rua é Vício em não sentir omisso
Desde 94 brindando em serviço!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Calixto / Erick Sales / Lucas Boss · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por In'Rua
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.